Mercado imobiliário e a pandemia do Corona Vírus

Que a pandemia mudou definitivamente nossas vidas, não há dúvida, dizer que nada será como antes são palavras fortes, difícil até de aceitar, mas se levarmos em conta eventos passados da história, estamos sempre mudando nosso comportamento.

Vamos nos fixar ao mercado imobiliário, fizemos uma compilação do que pode mudar no mercado.

Projetos

Se antes muita gente andava apostando em projetos residenciais com unidades compactas, coliving (espaços compartilhados) e coworking (espaços compartilhados de trabalho), com a tendência de ficarmos cada mais reclusos e cada vez menos interessados em compartilhar espaços, será uma diretriz que guiará novos empreendimentos. Talvez, em futuros projetos, os condomínios apresentem duas ou três academias menores e individuais com desinfecção automática do ambiente. Este é só um aspecto do que vem por aí.

Atendimento ao cliente

O stand de vendas, as convenções de lançamento diminuirão de importância, não acredito que irão acabar, mas será preciso atender de outra forma um determinado tipo de cliente, uma faixa importante do mercado não irá ao stand de vendas evitando contatos físicos e aglomerações. Talvez tenhamos que trabalhar com agendamentos individuais e passar a pensar na desinfecção dos ambientes e certificados de limpeza.

Contatos pessoais serão cada vez mais escassos, podendo até o único contato ser apenas o da escritura, algumas incorporadoras, como a Even, já desenvolveram um contrato 100% online.

As visitas virtuais serão essenciais, para se conhecer um imóvel a venda, o primeiro passo será um passeio virtual pelas unidades, apenas fotografias não mais serão suficientes.

Corretor de imóveis e Imobiliárias

Ser corretor de imóveis exigirá maior profissionalismo e qualificação, conduzir reuniões de compra e venda entre partes através de um canal de videoconferência, prover informações visuais e técnicas de imóveis à venda, a ponto despertar o interesse em uma visita física ao imóvel, e ainda assegurar, ao vendedor, que as visitas são qualificadas, com reais condições de compra.

Uma das profissões com prognóstico de extinção até 2025, o corretor de imóveis, deverá se atualizar e investir em meios digitais, quem sabe um dia, as visitas serão conduzidas por drones com ambos em suas casas.

Você também suas previsões sobre o mercado Imobiliário? Conte pra gente nos comentários.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Open chat